Ruby on Rails – Model View Controller – MySQL – Linux – Ruby

Publicado: 7 de janeiro de 2015 em Ruby on Rails

Rails é um framework de desenvolvimento de aplicações web escrito na linguagem Ruby. Ele é projetado para tornar a programação de aplicações web mais fácil, fazendo suposições sobre o que cada desenvolvedor precisa para começar. Ele permite que você escreva menos código enquanto faz mais do que muitas outras linguagens e frameworks.

O Rails utiliza o Object-Relational Mapping, comumente referido como seu ORM, é uma técnica que liga os objetos de uma aplicação para tabelas em um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional. Rails utiliza o ORM através do Active Record que pode ser considerado o Model no Pattern MVC – o modelo – é a camada do sistema responsável por representar dados de negócios e sua lógica. O Active Record facilita a criação e utilização de objetos de negócios cujos dados requer armazenamento persistente em um banco de dados. É uma implementação do padrão Active Record, que em si é uma descrição de um objeto do sistema Relational Mapping.

Caso você ainda não tenha instalado o Ruby on Rails em seu computador clique aqui ou talvez queira ver uma introdução mais simples e menos detalhada, usando o Rails a partir de uma IDE, clique aqui.

Rails: http://guides.rubyonrails.org/

Basicamente vamos focar em duas pastas do projeto Rails elas são App e Config,  mais tarde entraremos em mais detalhes sobre a estrutura de diretórios do Rails:

  • App –  Contém os controladores, modelos, visões, ajuda, malas diretas e outros itens para a sua aplicação.
  • Config – Configura rotas de sua aplicação, banco de dados e muito mais.

Criando uma Aplicação Ruby on Rails com MySQL

1 – Após instalar o Ruby, o Rails e suas dependências, abra o terminal do Linux para criar um projeto Rails para MySQL:

rails new MinhaApp -d mysql
Rails - Cria Projeto - MinhaApp

Rails – Cria Projeto – MinhaApp

2 – Após criar o projeto entre na pasta MinhaApp. Dê um pouco de atenção a sua estrutura de arquivos, principalmente as pastas contollers, models e views. Estas pastas são responsáveis pela estrutura básica do Pattern MVC dentro de uma aplicação Rails:

Rails - App - MVC

Rails – App – MVC

3 – Vamos criar um controle chamado meucontrole, este será responsável pelo controlador de nossa aplicação, no terminal digite:

rails g controller meucontrole index
Rails - Cria Controle

Rails – Cria Controle

4 – Na pasta config abra o arquivo database.yml e configure os parâmetros de conexão com o banco de dados MySQL:

Rails - Conexão - MySQL

Rails – Conexão – MySQL

5 – Precisamos criar um modelo para nossa aplicação, no terminal digite:

rails g model meumodelo nome:string sobrenome:string cargo:string salario:float

rake db:migrate
Rails - Cria Modelo

Rails – Cria Modelo

6 – Depois de criar um objeto do modelo podemos utilizar o Active Record através do terminal para inserir uma linha de dados no banco, para isto vamos utilizar o console de comandos do Rails, digite:

rails c

Meumodelo.create(:nome=>'james', :sobrenome=>'Hetfield', :cargo=>'Vocalista/Guitarrista', :salario=>1234.56)
Rails - Console - Active Record

Rails – Console – Active Record

7 – Para visualizar os dados que acabamos de gravar e entender a estrutura dos modelos do Rails no banco de dados, abra o MySQL Workbench e execute uma pesquisa na tabela do seu modelo para ver os dados inseridos através do ORM:

MySQL - Workbench - Modelo

MySQL – Workbench – Modelo

8 – Com o controle e modelo prontos, vamos iniciar o servidor Rails, no terminal digite:

rails server
Rails - Server - Iniciar

Rails – Server – Iniciar

9 – Para testar o servidor, abra seu navegador, digite localhost e a porta de numero 3000:

Rails Server - Localhost

Rails Server – Localhost

10 – Na pasta App/Controllers, abra seu controle e crie uma variável de instancia para seu modelo:

Rails - Controle

Rails – Controle

11 – Na pasta App/Views modifique a View padrão index.html.erb para exibir a pagina html, utilize o código abaixo:

Rails - View

Rails – View

12 – Já temos o Modelo, a Visão e o Controlador, precisamos criar uma rota para que o controlador saiba qual será nossa pagina índice. Na pasta Config, abra o arquivo routes.rb e altere seu conteúdo inserindo uma linha de recursos para seu controle, use a figura abaixo como referencia:

Rails - Configura Rotas

Rails – Configura Rotas

13 – Para rodar sua aplicação abra o navegador e digite o nome do seu controle sobre a porta 3000  do servidor local:

Ruby on Rails - MinhaApp

Ruby on Rails – MinhaApp

Exemplo:

Neste exemplo criamos uma aplicação RoR, usando os conceitos básicos do padrão MVC do Rail, utilizando a pasta App do projeto para os arquivos de modelo, visão e controles e configurando os arquivos responsáveis pela conexão e rotas na pasta Config do projeto.

Ruby on Rails

Controlador – meucontrole_controller.rb

class MeucontroleController < ApplicationController
  def index
     @Modelo = Meumodelo.all
  end
end

Visão – index.html.erb

<h1>Desenvolvimento Aberto</h1>
<h2>Ruby on Rails - Model View Controller</h2>
<h3>Dados - Mysql</h3>
<% @Modelo.each do |dados| %>
<br>
<%=String(dados.id) +  " " + dados.nome +  " " + dados.sobrenome + " " + dados.cargo + " " + String(dados.salario)%>

<%end%>
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s