Linux

Aprenda Linux: inicie Linux agora
Aprenda Java: inicie Java agora
Aprenda C/C++: C::B ou Eclipse
Aprenda JQuery: inicie JQuery agora
Aprenda Python: inicie Python agora
Aprenda Html/JavaScript: inicie JavaScript agora
Aprenda Ruby on Rails: inicie Ruby on Rails agora
Aprenda Oracle Apex: inicie PL/SQL para Web agora
Aprenda Python/Ubuntu: inicie Ubuntu Quickly agora
Aprenda Ubuntu/SDK: inicie programação com o Ubuntu agora
Aprenda Cloud Computing: inicie Google Cloud com Python agora
Aprenda C#: inicie C# com Mono agora ou Mono ASP.NET openSuse e SLES
Aprenda openSuse: inicie a interoperabilidade de aplicativos e banco de dados
Aprenda Netweaver/Abap: inicie a instalação no Linux SUSE Enterprise agora


O que é Linux?

linux-insideLinux é um termo utilizado para se referir a sistemas operacionais que utilizem o núcleo Linux. O núcleo Linux foi desenvolvido pelo programador finlandês Linus Torvalds, inspirado no sistema Minix. O seu código fonte está disponível sob a licença GPL para que qualquer pessoa o possa utilizar, estudar, modificar e distribuir livremente de acordo com os termos da licença.

Inicialmente desenvolvido e utilizado por grupos de entusiastas em computadores pessoais, sistemas operacionais com núcleo Linux passaram a ter a colaboração de grandes empresas como IBM, Sun Microsystems, Hewlett-Packard (HP), Red Hat, Novell, Oracle, Google, Mandriva e Canonical

Apoiado por pacotes igualmente estáveis e cada vez mais versáteis de softwares livres para escritório (LibreOffice, por exemplo) ou de uso geral (projeto GNU) e por programas para micro e pequenas empresas que na maioria dos casos em nada ficam a dever aos seus concorrentes proprietários, e interfaces gráficas cada vez mais amigáveis como o KDE e o GNOME, o núcleo Linux, conhecido por sua estabilidade e robustez, tem gradualmente caído no domínio popular, encontrando-se cada vez mais presente nos computadores de uso pessoal atuais. Mas já há muito que o Linux destaca-se como o núcleo preferido em servidores de grandes porte, encontrando-se quase sempre presente nos mainframes de grandes empresas e até mesmo no computador mais rápido do mundo, o Tianhe-2, chinês (lista TOP500).

Linux Enterprise

Apesar do Linux possuir uma enorme comunidade de software livre e uma comunidade de desenvolvedores engajados a melhorar o sistema operacional, as versões realmente usadas pelas empresas de grande porte, são versões chamadas de Enterprise, ou seja são versões corporativas e são lançadas tanto para servidores como para as estações de trabalho, não são as mesmas distribuições que você encontra gratuitamente nas comunidades, geralmente estas versões são construídas a base de parceria com grandes empresas de hardware e software, cujo as tecnologias utilizadas para se obter altas performances, disponibilidade e escalabilidade são patenteadas e não se encontram sob nenhuma licença aberta, mesmo que o código fonte esteja disponível para desenvolvedores.

As versões Enterprise do Linux geralmente são responsáveis pelo subsidio das versões comunitárias, as distribuições Linux corporativas são uma solução mais econômica, porem não menos eficiente aos sistemas Unix como, Oracle Solaris ou IBM AIX. Para utilizar os softwares da SAP que você encontra neste site e contem servidores de aplicação ou banco de dados, é recomendado que utilize uma versão Linux Enterprise:

Suse para SAP: https://www.suse.com/pt-br/products/sles-for-sap/

 

Linux no Blog

Utilizaremos para aprendizado e iniciação no mundo Linux a versão português do Ubuntu pela sua facilidade de download, instalação e manuseio, logo utilizaremos a distribuição openSuse para utilização com banco de dados de nível profissional e desenvolvimento de programas comerciais que prezam a interoperabilidade de desenvolvimento de software com outros sistemas operacionais, e por fim, a distribuição Kali Linux que por padrão já é pré-configurada para trabalhar com redes e segurança, facilitando o acesso caso você tenha uma pequena rede para testes.

O Kali Linux é recomendado para usuários avançados que queiram utilizar nossa sessão de projetos seja terceiros ou próprios ou também nossa sessão de exercícios “Hacking”, porem o intuito do site não é utilizar os softwares prontos que acompanham ou podem ser instalados no Kali e sim utilizar as técnicas conhecidas e comprovadamente funcionais através de testes para construir nossos próprios exemplos utilizando a linguagem de programação nativa.

Como você pode perceber as diferentes distribuições Linux possuem diferentes propósitos e sutis dessemelhanças, pretendemos reunir uma coletânea de conhecimento Linux das principais distribuições livres dentro do contexto de sua eficiência, para que fique claro as similaridades do núcleo GNU, seguido das diferenças entre as interfaces gráficas de cada distribuição, a instalação de softwares livres, sua configuração e utilização, passeando pelas  ferramentas de desenvolvimento, servidores web, servidores de banco de dados e por fim a segurança do sistema operacional e os aplicativos e utilitários no qual desenvolvemos.

Ubuntu

Ubuntu é um sistema operacional baseado em Linux desenvolvido pela comunidade e é perfeito para notebooks, desktops e servidores. Ele contém todos os aplicativos que você precisa – um navegador web, programas de apresentação, edição de texto, planilha eletrônica, comunicador instantâneo e muito mais.

Site oficial: http://www.ubuntu-br.org/

openSuse

O openSUSE é considerada uma das melhores distribuições Linux do mercado e também  a base para os premiados produtos da Novell, a versão é indicada para desenvolvimento de aplicativos comerciais que necessitam de interoperabilidade com outros sistemas operacionais ou um desempenho garantido quando se utiliza linguagens que cruzam plataformas, especialmente produtos da Oracle, IBM, SAP e Microsoft entre vários outros.

Site oficial: https://pt.opensuse.org/

Kali Linux

Kali Linux é uma distribuição Linux Debian-derivado projetado para forense digital e testes de penetração. Ele é mantido e financiado pela Offensive Security Ltd. Ele foi desenvolvido pela Mati Aharoni e Devon Kearns da Offensive Security através do BackTrack.

Kali Linux  é pré-configurado e pré-instalado com vários programas de teste de penetração, incluindo nmap (um scanner de portas), o Wireshark (um analisador de pacotes), John the Ripper (um cracker de senha) e Aircrack-ng (uma suíte de software para redes locais sem fio de teste de penetração). Os usuários podem executar o Kali Linux a partir de um disco rígido, CD ao vivo, ou USB ao vivo. É uma plataforma de suporte do Metasploit Framework do projeto Metasploit, uma ferramenta para o desenvolvimento e execução de falhas de segurança.

Kali Linux é distribuído em 32 bit e 64 bit para uso em hosts com base no conjunto de instruções x86, bem como uma imagem para a arquitetura ARM para uso no computador Raspberry Pi e em ARM da Samsung Chromebook.

Site oficial: http://www.kali.org/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s