Database – Instalando Oracle Express Edition x64 – openSuse – Linux

Publicado: 18 de outubro de 2014 em Linux, Sql

O Oracle Database XE, oferece o Oracle 11g Release 2 livre para distribuição nas plataformas Windows e Linux. O suporte para esta versão é feito exclusivamente através de fóruns on-line. O Oracle 11g Express Edition, lançado em 24 de setembro de 2011, pode suportar 11 GB de dados do usuário. O Oracle Database XE é fácil de instalar e oferece um banco de dados Oracle e ferramentas para gerenciamento.

Oracle XE Download: Oracle Database Express Edition x64 – Linux

Instalando o Oracle XE no Linux openSuse

Oracle disponibiliza os pacotes da ultima versão de seu banco de dados livre apenas no formato RPM, e segundo os requerimentos do sistema no qual o Oracle XE pode ser instalado, as distribuições do Linux são: Oracle, RedHat e Suse todos na versão Enterprise, porem podemos também instalar o Oracle em versões gratuitas destas distribuições, também é possível instalar o Oracle em outros sistemas Linux que não utilizam pacotes do tipo RPM, necessitando apenas converte-los para o formato do pacote da distribuição desejada.

Instalar o Oracle XE é relativamente fácil, entretanto você precisa seguir os requisitos necessários para uma instalação sem erros, o primeiro é o tamanho do Swap do Linux, é necessário no mínimo 2048 MB ou 2 GB, o mais importante é o nome do seu computador, não pode ter caracteres especiais como “.” (ponto) ou “-” traço”, talvez você precise renomear seu computador especialmente se estiver utilizando em uma maquina virtual.

Documentação Oficial: Instalação Linux.

Checando Requisitos e Instalando

1 – Precisamos saber se você tem os requisitos necessários, vamos começar pelo nome do seu computador, caso já possua um nome adequado pule este passo. Abra como root o programa GEdit e localize o arquivo chamado HOSTNAME na pasta /etc e altere o nome do seu host para um nome adequado sem pontos ou traços:

Hostname

Hostname

2 – Precisamos também alterar nosso arquivo hosts para que o Oracle consiga resolver o nome em questão, principalmente se pretender utilizar o Oracle em uma maquina virtual, abra o GEdit como usuário root e localize o arquivo Hosts na pasta /etc e insira uma linha com o IP local e nome do computador:

Hosts

Hosts

3 – Você precisa garantir que o openSuse possui o tamanho do Swap correto, se você instalou o sistema operacional com os padrões default do instalador o seu Swap está menor do que o necessário por apenas alguns kilobytes de tamanho, efetue este procedimento para aumentar o Swap em 1024 MB e garantir a instalação:

su
dd if=/dev/zero of=/root/myswapfile bs=1M count=1024
mkswap /root/myswapfile
swapon /root/myswapfile

4 – Se precisou efetuar a troca de nome do seu host, reinicie seu computador. Com o computador já reinicializado este é o ultimo requisito para instalar o Oracle, algumas distribuições do Linux não contem o diretório necessário em que o Oracle efetua um Touch para subir o Listner, precisamos cria-lo manualmente, não se preocupe este diretório é temporário e será excluído posteriormente:

sudo md /var/lock/subsys/listener

5 – Após o download do arquivo RPM do Oracle, descompacte-o, entre na pasta chamada Disk1 e utilize a seguinte linha de comando para a instalação:

rpm -ivh oracle-xe-11.2.0-1.0.x86_64.rpm
Instalando o Oracle XE

Instalando o Oracle XE

6 – Após a instalação inicie a configuração do Oracle utilizando a linha de comando a seguir, deixe todos os parâmetros padrões por enquanto e crie uma senha para o sistema:

/etc/init.d/oracle-xe configure
Configuração Oracle XE

Configuração Oracle XE

7 – Agora vamos configurar a variável de ambiente para o Oracle, iniciar o servidor e para testar vamos abrir o Sqlplus e conectar com o usuário do sistema. Digite os comandos abaixo.

Para abrir o Sqlplus você pode simplesmente digitar seu nome na busca do sistema openSuse e o ícone automaticamente aparecerá para você. Abra-o e digite connect, em seguida digite o usuário system e a senha que você configurou na instalação para se conectar:

cd /u01/app/oracle/product/11.2.0/xe/bin
./oracle_env.sh
/etc/init.d/oracle-xe start
Sqlplus

Sqlplus

8 – Pronto, o Oracle XE já está instalado e funcionando corretamente, você pode iniciar o gerenciador pelo ícone chamado conceitos básicos do Oracle que você encontra nas ferramentas do menu do openSuse:

Conceitos Básicos

Conceitos Básicos

Para saber mais sobre o Oracle XE você pode utilizar nossos exemplos para Linux ou ainda instalar uma ferramenta livre de administração e programação com interface gráfica chamada Oracle SQL Developer.

Importante:

Este post foi escrito para a interface gráfica Gnome do openSuse, caso utilize a KDE você deve substituir o aplicativo GEdit pelo KWrite, e quando chamar um aplicativo com GUI da linha de comando substituir o comando sudo por kdesu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s