Database – Instalando Oracle Express Edition x64 – openSuse – Linux

Publicado: 18 de outubro de 2014 em Linux, Sql

O Oracle Database XE, oferece o Oracle 11g Release 2 livre para distribuição nas plataformas Windows e Linux. O suporte para esta versão é feito exclusivamente através de fóruns on-line. O Oracle 11g Express Edition, lançado em 24 de setembro de 2011, pode suportar 11 GB de dados do usuário. O Oracle Database XE é fácil de instalar e oferece um banco de dados Oracle e ferramentas para gerenciamento.

Oracle XE Download: Oracle Database Express Edition x64 – Linux

Instalando o Oracle XE no Linux openSuse

Oracle disponibiliza os pacotes da ultima versão de seu banco de dados livre apenas no formato RPM, e segundo os requerimentos do sistema no qual o Oracle XE pode ser instalado, as distribuições do Linux são: Oracle, RedHat e Suse todos na versão Enterprise, porem podemos também instalar o Oracle em versões gratuitas destas distribuições, também é possível instalar o Oracle em outros sistemas Linux que não utilizam pacotes do tipo RPM, necessitando apenas converte-los para o formato do pacote da distribuição desejada.

Instalar o Oracle XE é relativamente fácil, entretanto você precisa seguir os requisitos necessários para uma instalação sem erros, o primeiro é o tamanho do Swap do Linux, é necessário no mínimo 2048 MB ou 2 GB, o mais importante é o nome do seu computador, não pode ter caracteres especiais como “.” (ponto) ou “-” traço”, talvez você precise renomear seu computador especialmente se estiver utilizando em uma maquina virtual.

Documentação Oficial: Instalação Linux.

Checando Requisitos e Instalando

1 – Precisamos saber se você tem os requisitos necessários, vamos começar pelo nome do seu computador, caso já possua um nome adequado pule este passo. Abra como root o programa GEdit e localize o arquivo chamado HOSTNAME na pasta /etc e altere o nome do seu host para um nome adequado sem pontos ou traços:

Hostname

Hostname

2 – Precisamos também alterar nosso arquivo hosts para que o Oracle consiga resolver o nome em questão, principalmente se pretender utilizar o Oracle em uma maquina virtual, abra o GEdit como usuário root e localize o arquivo Hosts na pasta /etc e insira uma linha com o IP local e nome do computador:

Hosts

Hosts

3 – Você precisa garantir que o openSuse possui o tamanho do Swap correto, se você instalou o sistema operacional com os padrões default do instalador o seu Swap está menor do que o necessário por apenas alguns kilobytes de tamanho, efetue este procedimento para aumentar o Swap em 1024 MB e garantir a instalação:

su
dd if=/dev/zero of=/root/myswapfile bs=1M count=1024
mkswap /root/myswapfile
swapon /root/myswapfile

4 – Se precisou efetuar a troca de nome do seu host, reinicie seu computador. Com o computador já reinicializado este é o ultimo requisito para instalar o Oracle, algumas distribuições do Linux não contem o diretório necessário em que o Oracle efetua um Touch para subir o Listner, precisamos cria-lo manualmente, não se preocupe este diretório é temporário e será excluído posteriormente:

sudo md /var/lock/subsys/listener

5 – Após o download do arquivo RPM do Oracle, descompacte-o, entre na pasta chamada Disk1 e utilize a seguinte linha de comando para a instalação:

rpm -ivh oracle-xe-11.2.0-1.0.x86_64.rpm
Instalando o Oracle XE

Instalando o Oracle XE

6 – Após a instalação inicie a configuração do Oracle utilizando a linha de comando a seguir, deixe todos os parâmetros padrões por enquanto e crie uma senha para o sistema:

/etc/init.d/oracle-xe configure
Configuração Oracle XE

Configuração Oracle XE

7 – Agora vamos configurar a variável de ambiente para o Oracle, iniciar o servidor e para testar vamos abrir o Sqlplus e conectar com o usuário do sistema. Digite os comandos abaixo.

Para abrir o Sqlplus você pode simplesmente digitar seu nome na busca do sistema openSuse e o ícone automaticamente aparecerá para você. Abra-o e digite connect, em seguida digite o usuário system e a senha que você configurou na instalação para se conectar:

cd /u01/app/oracle/product/11.2.0/xe/bin
./oracle_env.sh
/etc/init.d/oracle-xe start
Sqlplus

Sqlplus

8 – Pronto, o Oracle XE já está instalado e funcionando corretamente, você pode iniciar o gerenciador pelo ícone chamado conceitos básicos do Oracle que você encontra nas ferramentas do menu do openSuse:

Conceitos Básicos

Conceitos Básicos

Para saber mais sobre o Oracle XE você pode utilizar nossos exemplos para Linux ou ainda instalar uma ferramenta livre de administração e programação com interface gráfica chamada Oracle SQL Developer.

Importante:

Este post foi escrito para a interface gráfica Gnome do openSuse, caso utilize a KDE você deve substituir o aplicativo GEdit pelo KWrite, e quando chamar um aplicativo com GUI da linha de comando substituir o comando sudo por kdesu.

Anúncios
comentários
  1. Romullo Andrade disse:

    Obrigado por compartilhar o conhecimento!

  2. Thiago Nicolau disse:

    Boa noite

    Teria como fazer um tutorial de instalar no Ubuntu 16.04? tem muitos tutoriais na net mas que funcione nenhum

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s