APEX – Oracle RAD for Web – Forms e Reports – Parte 6 – Linux

Publicado: 22 de outubro de 2014 em Linux, Sql

Uma aplicação Apex utiliza o conceito de formulário e relatórios, os formulários são usados ​​para exibir, editar e coletar dados, que então serão enviado de volta para o banco de dados para processamento de forma declarativa, ou seja você só escreverá código quando for realmente necessário, a maioria do desenvolvimento é feito através de guias passo a passo. O Apex torna muito simples escrever aplicações com banco de dados Oracle, você criar desde aplicações relativamente comuns até aplicações avançadas que podem utilizar recursos dinâmicos da web 2.0.

O modo de criar rápidas interfaces para um formulário e um relatório é utilizando a opção de relatório e formulário sobre uma tabela, deste modo você obterá uma pagina web com um relatório de consulta sobre uma tabela e um formulário que permite que o usuário crie, altere e apague os dados nele apresentados utilizando o formulário atrelado ao relatório, o usuário ainda conta com uma interface gráfica completa com todos os recursos para simplificar sua interação com aplicação e os dados manipulados pelo banco de dados. Existem vários tipos de formulários e relatórios no qual o desenvolvedor pode se beneficiar, vamos mostrar abaixo um formulário atrelado a um relatório que cria uma interface ideal e de forma rápida para que o usuário manipule simples tabelas.

Criando um Formulário e um Relatório com Apex

Utilizando a aplicação criada no exemplo anterior vamos criar uma nova pagina web em conjunto com um formulário e um relatório, está é a opção ideal para que o usuário manipule dados de que necessitam de manutenção.

1- Entre no Apex e abra a aplicação criada no exemplo anterior:

Aplicação Apex

Aplicação Apex

2 – Crie uma nova pagina do tipo Form e clique em próximo:

Form

Form

3 – Escolha a opção Form on a Table with Report e clique em próximo:

Form e Report

Form e Report

4 – Escolha o esquema proprietário de sua tabela ou visão para o formulário, visto que ao utilizar visões para criar o formulário você precisa utilizar uma trigger INSTEAD OF para manipular os dados, veja nossos exemplos de visões fazendo uma busca pela palavra View neste site:

Esquema do Banco de Dados

Esquema do Banco de Dados

5 – Escolha o nome da tabela ou visão e clique em próximo:

Tabela ou Visão

Tabela ou Visão

6 – Na pagina do relatório escolha os nomes para a pagina e sua descrição, adicione um Breadcrumb, o ligue na pagina principal e clique em próximo:

Relatório

Relatório

7 – Marque a opção que adiciona a pagina em uma guia existente e crie uma nova guia neste conjunto e nomeie sua nova guia:

Nova Guia

Nova Guia

8 – Escolha os campos da tabela para serem exibidos no relatório e clique em próximo:

Colunas para exibição

Colunas para exibição

9 – Escolha um ícone para o botão de alterar que será localizado em cada linha de dados retornados da tabela:

Ícones para os dados

Ícone

10 – Entre com as opções para a pagina do formulário, muito similar ao que você já fez para o relatório:

Formulário

Formulário

11 – Selecione uma chave primaria para que sirva de controle para o formulário, atente-se que o Oracle somente lhe da duas opções de chaves primarias, e reconhece automaticamente sua chave, isto acontece devido as melhores praticas para desenvolvimento do banco de dados. O Oracle supõe que você utilize sua chave como ID e que em raros casos você precise de outra chave primaria para a mesma tabela, não é de boa pratica utilizar chaves compostas para que valores de vários campos não se repitam em uma tabela, para isto o Oracle e outros bancos de dados possui índices únicos. Se você é um adepto de chaves primarias compostas, esqueça deixo isto no passado não tente ressuscitar conceitos de antigos banco de dados, isto só aumenta o tamanho de seus scripts SQL e criam objetos (chaves) desnecessários no banco de dados:

Chave Primaria

Chave Primaria

12 – Defina a forma como seu identificador da chave primaria está sendo alimentado, nos optamos por Triggers somente para cobrir a criação de mais objetos nestes exemplos, com você vê na figura abaixo você pode utilizar a Sequence diretamente, para um melhor entendimento sobre as Triggers veja nosso post sobre este Triggers:

Alimentando os IDs

Alimentando os IDs

13 – Selecione os campos que poderão ser manipulados pelo formulário:

Colunas para o Formulário

Colunas para o Formulário

14 – Defina as ações que o formulário poderá executar:

Ações do Formulário

Ações do Formulário

15 – Após conferir o resumo da configuração do desenvolvimento clique em concluir:

Resumo

Resumo

16 – Com o relatório e o formulário criados, clique em executar para testar sua aplicação:

Relatório

Relatório

17 – Manipule a interface gráfica da pagina gerada e tente criar, alterar e excluir um registro:

Formulário

Formulário

Pronto! Você criou um relatório e um formulário que utilizam uma interface gráfica completa para web sobre o banco de dados Oracle sem escrever uma única linha de código.

Para acessar o post anterior para o Apex clique aqui.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s